Medo

"O medo é o maior ladrão de oportunidades."
Quando começam os problemas, o medo ronda a mente humana, gerando pavor e desgoverno. Principalmente os que não têm metas firmes e fortes. Os que não estão determinados e comprometidos com a realização de suas metas são os primeiros a buscarem "desculpas" e "justificativas" para desistir.

Imagine você quando criança em um parque de diversões. De repente, se perde dos seus familiares. Nesta hora, sua mente é tomada pelo favor, desespero, pânico. Sem saber o que fazer, você chora, grita na ânsia louca de encontrar algum conhecido para o ajudar. No meio deste pavor, você é encontrado por sua mãe que, desesperada, o procurava. Vocês se abraçam fortemente e choram de alegria e felicidade. Onde está o medo? Sumiu. Acabou.

Nós temos medo do desconhecido porque sentimos incapazes de solucionar determinado problema. Se vamos em frente e enfrentamos este medo, logo percebemos que era uma bobagem, uma ilusão e que só dura o tempo de enfrentá-lo e vencê-lo.

O medo nada mais é do que uma lente de aumento do risco. E quanto mais você passa por esta experiência de enfrentar o medo, mais você fica corajoso, destemido e audaz.